Projeto
Coral Vozes do Alemão

Coral Vozes do Alemão

A música é uma linguagem artística, que possibilita socialização que pode se tornar o primeiro contato com as artes e com determinadas culturas. Ela pode ser utilizada como ferramenta de expressão e interação, compreendemos que através dela podemos introduzir o entendimento das artes na formação de cada indivíduo.
A musicalização não é limitada a uma faixa etária e estudos comprovam que ela pode contribuir no desenvolvimento e fortalecimento das funções psicomotoras em crianças e sociabilização em adultos. Nela estão presentes linguagens que podem ser expressadas em diferentes gêneros, representando diferentes culturas e tradições de cada região como o próprio estilo de vida familiar.

O nosso público alvo são moradores do Conjunto de favelas do Complexo do Alemão no Rio de Janeiro. Temos por objetivo aproximar, instruir e capacitar esses moradores acerca da importância da musicalidade e fazer com que haja uma compreensão sobre a cultura e a tradição da música e que ela possa se tornar algo presente em suas vidas.
Oferecemos oficinas de canto, preparação corporal, e técnicas para apresentações. Palestras sobre musicoterapia e temas pertinentes, bem como exibições fotográficas, saraus com profissionais convidados, intervenções artísticas e um circuito cultural.

Mapear oportunidades e facilitar o acesso da população local.
Criar uma rede de apoio contínuo na sociedade civil, ligando o governo, a população e os empresários.

DINAMICA DO PROJETO

AULAS DE CANTO:

As aulas de canto clássico e erudito acontecem 2 vezes na semana na Vila Olímpica do Complexo do Alemão.

As aulas são ministradas pelo Prof. Fabiano Montteiro e sua equipe e atendem crianças, jovens e adultos.

ATENDIMENTOS:

80 Alunos

Faixa etária de 04 – 10 anos = 25
Faixa etária de 10 – 15 anos = 15
Faixa etária acima de 15 anos = 40

IMPACTOS:

Curto – Reconhecimento do artista como profissional e ampliação do debate sobre o tema nas comunidade do Complexo do Alemão
Médio – Formação e capacitação de jovens aprendizes das comunidades
Longo – Expandir o projeto para outras localidades dentro do Estado do Rio de Janeiro criando pólos de ação estabelecendo então, uma formação contínua ao circuito artístico carioca.

ONDE:

O Projeto é realizado na Estrada do Itararé, 460. Complexo do Alemão.

O Complexo do Alemão é composto por 15 comunidades: Itararé, Joaquim de Queiróz, Mourão Filho, Nova Brasília, Morro das Palmeiras, Parque Alvorada, Relicário, Rua 1 pela Ademas, Vila Matinha, Morro do Piancó, Morro do Adeus, Morro da Baiana, Estrada do Itararé, Morro do Alemão e Armando Sodré. A Vila Cruzeiro é um favela localizada no bairro da Penha, no Rio de janeiro. Essa favela surgiu no século 19 e os primeiros moradores eram escravos fugidos que ficavam no local sob a proteção de um padre abolicionista da Igreja da Penha. Hoje, o predomínio dos afrodescendentes está presente em toda parte, a capoeira, por exemplo, continua sendo tradicional desde o século 19 até hoje.
Esses locais foram escolhidos visando a aproximação do projeto aos jovens moradores desse território, com intuito de capacitar esses jovens que têm por vezes o contato com a música nas igrejas e desejam aprender técnicas para compartilhar com seus grupos.

Email

contato@movimentoculturalsocial.org.br

Horário de Atendimento

Seg a Sexta das 8 às 17h

Redes Sociais

Envie uma mensagem

Entre em contato conosco no botão abaixo: